Tarte de laranja e leite condensado

Mais populares

Não há nada como uma saborosa tarte, com o seu recheio cremoso e suave a contrastar com a base mais resistente à nossa dentada. Poderá fazer uma tarte usando os mais diversos ingredientes, mas hoje, mostramos-lhe como fazer uma tarte de laranja e leite condensado, muito fácil de recriar em sua casa.

Esta tarte é o final de refeição perfeito, mas também pode ser servida sozinha ou acompanhada de um batido. O seu sabor torna-a bastante versátil e, portanto, esta é uma daquelas receitas que fica bem em qualquer ocasião, desde uma sobremesa de final de uma refeição em família a quando tem convidados em casa. Temos a certeza de que todos irão adorar a tarte de laranja e leite condensado e querer repetir a experiência muitas mais vezes!

Tarte de laranja e leite condensado: a história do leite condensado

É um ingrediente-base de muitas receitas, especialmente de doces, como esta tarte de laranja e leite condensado. Mas este ingrediente tem associadas muitas curiosidades, incluindo a da sua invenção.

Hoje, temos frigoríficos, mercearias, e uma boa infraestrutura, e portanto conseguimos comprar leite fresco com facilidade. Mas quando as cidades estavam em expansão, as quintas estavam a ficar cada vez mais distantes, e as viagens ferroviárias e marítimas podiam levar dias, comprar uma embalagem de leite era como jogar à roleta russa bacteriana.

É aqui que entra em cena Gail Borden. Um produtor de lacticínios que se tinha virado para as invenções, e que tinha perdido tudo ao tentar comercializar “pão de sopa”, uma mistura de farinha e carne seca que nem sequer os soldados queriam comer.

Em 1856, ele inventou o leite condensado. Portanto, até ali, sobremesas como esta tarte de laranja e leite condensado eram impossíveis. As conservas tinham acabado de se tornar mais populares, e permitiam que as pessoas comessem fruta e legumes fora de época. As conservas de legumes eram também úteis para longas viagens de barco. Borden fez uma tal viagem e reparou que, quando as ondas se tornaram suficientemente más para as vacas a bordo ficarem doentes e deixarem de dar leite, as crianças a bordo passaram fome.

Ele conseguiu condensar e adoçar o leite, e assim preservá-lo indefinidamente. O seu novo produto de leite teve um começo difícil, mas quando a Guerra Civil Americana começou, e os exércitos precisavam de ser equipados com provisões, Borden ficou rico.

Mas como é que ele conseguiu inventar o leite condensado? As pessoas já tinham experimentado cozinhar e condensar leite. O que tinham obtido foram pudins, gelados e caramelo. O leite tem bastante água. Essa água pode ser dispensada (e juntamente com ela, alguma da ameaça de doenças causadas por bactérias). Mas a fervura da água requer chegar-se a temperaturas que alteram permanentemente as proteínas e gorduras do leite, alterando também o seu sabor e propriedades. Como se resolve este enigma? Com a física, é claro!

A água só permanece em forma líquida na Terra porque está sob pressão. A pressão atmosférica mantém o seu ponto de ebulição baixo. À medida que se ganha altitude (e se perde pressão) a água fica mais disposta a ferver, e assim a temperatura necessária para a ferver desce. Se estivéssemos suficientemente alto para entrar na atmosfera, podia-se mergulhar as mãos em água a ferver, porque a temperatura a que a água ferveria seria tão baixa que não lhe faria mal. (A baixa pressão em si pode, no entanto, magoá-lo.)

Num vácuo, a água ferve por si só, transformando-se em vapor. Utilizando um recipiente hermético para criar condições de quase vácuo, Borden conseguiu ferver a água do leite a temperaturas tão baixas que não precisou de o aquecer. E assim nasceu esta invenção, que faz as nossas delícias nesta tarte de laranja e leite condensado!

Faça esta nossa tarte de laranja e leite condensado e delicie-se com o seu sabor. Bom apetite!

Tarte de laranja e leite condensado

Uma tarte leve e cheia de sabor
Preparação 10 mins
Cozedura 30 mins
Total 40 mins
Refeição Doces
Cozinha Portuguesa

Ingredientes
  

  • 1 base de massa folhada
  • 100 ml de leite
  • 200 ml de natas
  • 1 lata de leite condensado
  • Raspa e sumo de 1 laranja
  • 4 ovos

Preparação
 

  • Pré-aqueça o seu forno a 180ºC. Forre uma tarteira com a base de massa folhada, e pique o fundo com um garfo. Reserve.
  • Numa taça, misture os ovos, o leite condensado, o leite e as natas. Mexa tudo muito bem com uma vara de arame.
  • Junte o sumo e a raspa da laranja e volte a mexer.
  • Coloque a mistura por cima da base de massa folhada e leve ao forno, durante cerca de 30 minutos.

Dicas

  • Pode juntar um pouco de canela à sua tarte, para lhe dar ainda mais sabor.
  • Se necessário, deixe a tarte a cozinhar por mais tempo no forno, acompanhando o processo para que esta não queime.
  • Pode usar uma base de massa quebrada ou uma base de tarte caseira nesta receita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui

Mais recentes

Receitas semelhantes