Tarte de morango e natas

Mais populares

Fazer uma tarte não tem que ser uma tarefa complicada, até porque existem inúmeras receitas em que apenas tem de perder alguns minutos na cozinha para obter resultados excelentes. Esse é o caso da receita que lhe deixamos hoje, na qual vai aprender a fazer uma maravilhosa tarte de morango e natas.

Esta é uma daquelas tartes que tem um sabor que agrada a todos, até porque usa uma combinação de sabores clássica e que tem sido testada e aprovada ao longo dos tempos. É perfeita para qualquer ocasião, das mais informais às de maior cerimónia, sempre com resultados excelentes (especialmente se acompanhada de uma bebida da sua preferência). Portanto, não há desculpas para não experimentar fazer esta maravilhosa tarte de morango e natas em sua casa.

Tarte de morango e natas: saiba mais sobre a massa folhada

A massa folhada que vamos usar como base desta tarte de morango e natas tem origem em França, onde lhe chamam pâte feuilletée ou feuilletage. A massa folhada é uma massa leve feita por camadas repetidas de massa e manteiga ou outra gordura sólida, num processo chamado laminação, para formar uma massa fina que folha no forno. É um dos derradeiros exemplos da técnica da laminação, se tudo for feito do princípio ao fim, ou os resultados serão dececionantes.

A massa folhada foi inventada em cerca de 1645 por um aprendiz de pasteleiro francês chamado Claudius Gele. No final da sua aprendizagem, Claudius quis fazer um delicioso pão para o seu pai doente, a quem foi prescrita uma dieta composta por água, farinha e manteiga. Assim, preparou uma massa, colocando-lhe depois manteiga, amassando a massa sobre a mesa, dobrando-a, e repetindo o procedimento dez vezes, após o que moldou a massa num pão.

O pasteleiro, que tinha observado o procedimento, aconselhou Claudius a não cozer o pão, pois pensava que a manteiga acabaria por escapar da massa. No entanto, o pão foi colocado no forno, e à medida que o pão foi cozinhando, tanto o pasteleiro como Claudius ficaram cada vez mais surpreendidos com a forma e o tamanho invulgar que atingiu.

Tendo terminado a sua aprendizagem, Claudius partiu para Paris, onde encontrou trabalho no Rosabau Patisserie. Aqui aprimorou a sua invenção, que lhe rendeu uma enorme fortuna e nome. Mais tarde, foi para Florença, onde trabalhou na pastelaria dos Irmãos Mosca. Muita gente pensa que foram eles que inventaram a massa folhada, mas a verdade é que nem sabiam como a fazer, porque Claudius guardou o seu segredo para si próprio e preparava sempre a sua massa numa sala fechada. Claudius morreu em 1682, sendo um artista altamente considerado.

Até hoje, a massa folhada é extremamente importante e constitui uma base para muitos pastéis e doces (como esta tarte de morango e natas). A técnica é bastante complicada de dominar e a preparação requer muita precisão para que o resultado seja o ideal. Felizmente, podemos encontrar esta massa já pronta em supermercados!

E, claro, para esta receita, tem sempre a opção de utilizar outro tipo de base, seja ela de compra, seja ela feita em casa. Pode experimentar a receita de tarte de morango e natas com uma base de massa quebrada, ou com uma base de bolacha Maria e manteiga.

Se ficou com água na boca e vontade de experimentar esta nossa deliciosa e fácil tarte de morango e natas, apenas tem de seguir as nossas indicações e, em poucos minutos, terá a sua tarte pronta a servir e a maravilhar todos os que a provam (e a deixá-los com vontade de repetir). Depois, diga-nos como correu a experiência nos comentários. Bom apetite!

Tarte de morango e natas

Um doce cheio de sabor
Preparação 15 mins
Cozedura 15 mins
Total 30 mins
Refeição Doces
Cozinha Portuguesa

Ingredientes
  

  • 1 base de massa folhada
  • 250 g de morangos
  • 200 ml de natas frescas
  • 3 colheres de sopa de açúcar em pó

Preparação
 

  • Cubra uma tarteira com a base de massa folhada. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC, durante 15 minutos. Retire e deixe arrefecer.
  • Triture 100 g dos morangos com 1 colher do açúcar. Passe por um coador e reserve.
  • Por fim, bata as natas com o restante açúcar. Espalhe-as por cima da massa folhada, cubra com os morangos que sobraram e, por fim, espalhe a calda de morango e açúcar por cima.
  • Leve ao frigorífico por pelo menos duas horas antes de servir.

Dicas

  • Pode colocar uns pesos na base da tarte, para que a massa folhada não cresça tanto nessa parte.
  • Pode colocar algumas raspas de limão por cima da sua tarte antes de a servir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui

Mais recentes

Receitas semelhantes